CLUB reúne especialistas para discutir a Logística Urbana em Campinas

Por Soraia Burger

O CLUB, Centro de Logística Urbana do Brasil, que tem como objetivo difundir pesquisas, disponibilizar e transmitir conhecimentos sobre a Logística Urbana no País vem mesclando estudos teóricos e aplicações práticas realizadas por especialistas do setor acadêmico, público e privado. O estafe de estudos é formado pelo grupo de pesquisas do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), intitulado “Logística Urbana”, sob a coordenação do Prof. Dr. Orlando Fontes Lima Jr. do LALT (Laboratório de Aprendizagem em Logística e Transportes) da FEC da UNICAMP.

Com o intuito de facilitar a aprendizagem e criar espaços para novas experiências e apresentação de casos e novas propostas para o tema, a organização promoveu no dia 24 de setembro o encontro “Discutindo Logística Urbana em Campinas”, na Unicamp.

O encontro promoveu uma série de debates e propostas por representantes de várias empresas como Fitel; Associtic; ACIC; Cargo News/Rodovisa; Marco Assessoria; FLUXUS/Unicamp; Viracopos Aeroportos Brasil; Policamp; entre outros participantes.

Foram discutidos assuntos como segurança de passageiros e cargas, falta de iniciativa do Poder Público junto à falta de planejamento urbano e a atual situação da mobilidade da cidade de Campinas. Mobilidade urbana é uma das principais questões das cidades de todo o mundo interferindo diretamente sobre o acesso a diferentes pontos das cidades (incluindo o local de trabalho), aos serviços públicos e ao meio ambiente.

Os problemas relacionados à mobilidade das pessoas e das mercadorias nos centros urbanos afetam diretamente a qualidade de vida da população. Enquanto o Brasil enfrenta a falta de um plano de mobilidade urbana, as
soluções de mobilidade adotadas pelas grandes metrópoles européias e americanas garantem a melhoria do transporte público, assim como um bom planejamento móvel.

De acordo o assessor comercial da Viracopos Aeroportos Brasil, Ricardo Tortorella, atualmente há falta de segurança de pessoas e cargas, a acessibilidade e a mobilidade são fatores preocupantes. “Não há mais sinergia entre as inter e intra-modalidades”, conclui.

Os principais problemas de mobilidade estão localizados na região norte da cidade, área do aeroporto Viracopos, Ouro Verde, Campo Grande e região do centro.

“O crescimento populacional, a concentração da vida nas cidades e
a expansão do consumo tornam cada dia mais intenso e desafiador o transporte de carga em regiões urbanas”, explica o Prof. Dr. Orlando Fontes.

Muito ainda deve ser discutido e planejado nesta questão, mas é certo que há a necessidade de uma maior integração entre os atores da cidade, pacto social entre a sociedade e as empresas, priorização do transporte de massa partindo das principais regiões como o centro e a criação de mais Portos Secos para a distribuição intermodal e rodo ferroviário.

Com o apoio do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) junto ao Banco Mundial, o CLUB desde 2011 promove seminários para debater questões da Logística Urbana no País. Até 2013, já foram realizados seminários em Guarulhos, Belo Horizonte, Fortaleza, Teresina, Curitiba, Brasília, São Paulo e Campinas. O próximo evento será em Guarulhos e sua data divulgada no site.

On September 26th, 2013, postado em: NOTÍCIAS by

Deixe seu comentário